segunda-feira, 2 de novembro de 2009

31 de Outubro

Passei parte do Dia 31 de Outubro de vestido branco e flores nos cabelos. Até parece que eu sentia o perfume das flores...Mas a noite, alguém perguntou: "Marg, você não vai se vestir de bruxa para a Festa do Halloween?" Pensei um pouco no assunto, e me vesti com chapéu preto, roupas escuras e vassoura. Se eu fosse como estava, teria que ficar dando explicações, e eu não estava com muita vontade de falar...
Mas, para vocês eu falo: eu estava de Maga, e não de Bruxa! Minha inspiração tem sido o filme e o livro das Brumas de Avalon. Você conhece? Deixe-me explicar...

Avalon é uma ilha lendária, que teria existido na Grã-Bretanha. Segundo as lendas, os romanos tinham abandonado as ilhas antes do fim do Império. Mas os costumes romanos permaneceram ali, mesclados aos costumes celtas. E essa situação, de duas culturas num mesmo lugar, teria culminado durante o Reinado do lendário Rei Artur.

Segundo as lendas, o Rei Artur veio para unir as culturas sob um mesmo Rei. Os cristãos vindos de Roma e os druidas adoradores da Deusa-Mãe, viviam numa tensão constante, e um Rei com um pé em cada cultura veio bem a calhar...Ele casou com Guinevere, nos preceitos da Igreja Romana Cristã, mas também teve um filho (Mordred) com sua meio-irmã Morgana, considerada bruxa. Usando sua espada Excalibur, e auxiliado pelo Mago Merlin, Artur conseguiu atingir seu objetivo, durante muito tempo.
Mas sua meio-irmã Morgana e seu filho Mordred o derrotaram e Guinvere o traiu com seu melhor amigo, Lancelot. Mordred o derrotou, sendo que um matou o outro...

Essa lenda é uma das mais famosas da História, tendo gerado muitos livros, estudos, filmes, peças teatrais, desenhos e até histórias em quadrinhos...Mas a versão que eu mais gosto é "As Brumas de Avalon", da qual falarei agora...

Marion Zimmer Bradley nasceu em 1930 e faleceu em 1999. Ela foi uma grande escritora norte-americana, e seu livro mais famoso foi "As Brumas de Avalon", escrito em 1979, que se divide em quatro partes: "A Senhora da Magia", "A Grande Rainha", "O Gamo Rei" e "O Prisioneiro da Árvore". Nesses quatro livros, ela recontou a lenda do Rei Artur do ponto de vista das mulheres que o rodearam, desde sua mãe Igraine, até a Sacerdotisa Viviane (sua tia), Guinevere e a própria Morgana.
Ela escreveu magistralmente essa obra, pois a idéia de uma Deusa-Mãe, e de mulheres que manipulam os fatos para manter acesa a chama da religião delas, mesmo que sendo chamadas de "bruxas" pelos padres (homens), ficou gravada em minha mente...

Em 2001 foi realizada série que virou filme, baseada na obra de Marion. Nesse filme, podemos ver a atriz Anjelica Huston no papel de Viviane, a Sacerdotisa de Avalon, e Julianna Margulies no papel de Morgana...

Por isso, não vou dizer como imagino uma Maga. Prefiro que você leia o livro ou assista o filme, e assim entenderá que minha visão de bruxas e magas é bem diferente do que as lendas populares pregam....

Um comentário:

Marcos disse...

Oiiii... hmmmm ou experimentar sim!!! um abraço!