domingo, 13 de setembro de 2009

Magia: da Pré-História à Idade Média

Na condição de Desperto, você precisa saber um pouco mais sobre os Magos, onde surgiram, quem são, o que fazem. Por isso, fizemos esse note com o básico que você precisa saber sobre o Grupo ao qual pertence...
Magia” é uma palavra de origem persa. “Magus” ou “magi” significava “sábio”, para aquele povo. E um Mago é, necessariamente, um sábio, mesmo. Isso porque os Magos são pessoas que lêem e estudam muito. O Poder emana de cada Mago, mas ele precisa aprimorar, melhorar cada vez mais, esse Poder. Assim, ele acaba se tornando um sábio, também...
Os Magos estudam os segredos da natureza e sua relação com o homem. É por isso que os Magos moram em contato direto com a natureza e a respeitam e admiram, nas suas mais diferentes manifestações.
Apesar da palavra “mago” ser de origem persa, desde a Pré-História já haviam Despertos: os desenhos que os homens das cavernas fizeram, em Altamira (Espanha) e Lascaux (França), por exemplo, são considerados mágicos: desenhar o que se pretendia caçar, era uma forma de se obter sucesso...
A tentativa de dar nomes para os fenômenos da natureza também são consideradas formas de magia, e acabaram dando origem aos mitos de deuses, seres fantásticos, que acabariam por se transformar nas primeiras religiões. Isso aconteceu em todas as civilizações antigas: chinesa, indiana, persa (já citada), egípcia, mesopotâmica, grega, romana...
Até mesmo no Cristianismo, a magia está presente: no Velho Testamento, há uma citação de Moisés com magos egípcios, e no Novo testamento, o menino Jesus foi visitado por três Reis Magos...
Mas, a Igreja também perseguiu os magos, durante a Idade Média...nas lendas do Rei Arthur, podemos ver como Guinevere (Igreja) e Morgana (Antiga Religião) disputavam Arthur, e qual o papel de Merlin nessa época...Anglos, saxões, francos, vikings, todos foram “perseguidos” e tiveram que optar em ter uma religião em declínio ou se cristianizar...
Quando chegou o fim da Idade Média, as poucas pessoas que ainda tinham coragem de “desafiar” a Igreja, eram queimadas nas fogueiras da Inquisição, como Giordano Bruno e Joana D’Arc, entre outros...
Bem.... Esse é um dos aspectos que devemos lembrar, ao criar crônicas nos Magos....Logo veremos outros...

Um comentário:

Marcos disse...

Tudo bem vou pensar muito nisso antes de criar uma cronica tá ^~..abraços!